Estrada velha

O secretário nacional de infraestrutura hídrica, Osvaldo Garcia confirmou a realização da obra ao deputado, nesta quinta-feira (29), durante reunião em Brasília

O Ministério da Integração já autorizou a recuperação da PB 366, que sai da PB 400 passa por São José de Piranhas, pelo distrito de Boa Vista até chegar ao estado do Ceará. A estrada foi utilizada como via de tráfego das máquinas e caminhões usados nas obras da transposição do Rio São Francisco e ficou bastante danificada com o peso destes equipamentos.

A solicitação de recuperação da via tinha sido feita pelo deputado estadual Jeová Campos (PSB), ao ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, durante sua última visita as obras do Eixo Norte da transposição na Paraíba, no final de setembro. O secretário nacional de infraestrutura hídrica, Osvaldo Garcia foi quem deu a boa notícia ao parlamentar, nesta quinta-feira (29), durante audiência em Brasília.

Segundo Jeová, que mesmo de licença médica já prepara uma agenda propositiva para a retomada dos trabalhos legislativos no dia 24 de novembro, as obras devem começar nos próximos dias e a expectativa é que fique concluída em 90 dias. “A construtora Queiroz Galvão vai realizar o serviço, que deve começar nos próximos dias. A agilidade, neste caso, se deve ao fato de não ter necessidade de aditamentos ou nova licitação, uma vez que a obra foi incluída no orçamento do projeto da transposição e a empresa já está com todos os equipamentos e equipe nas imediações”, explica o deputado que comemorou muito a autorização da obra.

O parlamentar lembra que além de pedir pessoalmente ao ministro a recuperação da PB 366 ele, em conjunto com o prefeito de São José de Piranhas, Domingos Neto, e sua equipe, elaboraram um documento que foi encaminhado ao Ministério da Integração com a solicitação não apenas da recuperação da via, mas com a sugestão da construtora Queiroz Galvão realizar o serviço, já que a empresa encontra-se com um canteiro de obras na localidade, inclusive fazendo a elevação da estrada em dois trechos para evitar o alagamento da via por causa do remanso das águas da barragem de Boa Vista.

“Nossa sugestão foi acatada e quero deixar registrado o meu agradecimento pela sensibilidade do ministro em reconhecer a importância da recuperação da via e autorizar o início imediato da obra. Essa é uma grande conquista do nosso mandato”, disse Jeová que está em Brasília acompanhado do irmão, Marcos Neto, vice-prefeito de São José de Piranhas.