Temer e cia

Antes comedido, o presidente Michel Temer adotou, nesta quarta-feira (31), um tom duro durante primeira reunião ministerial. De acordo com Michel Temer, o governo não vai mais tolerar ofensas ou discurso de “golpe”.

“Agora não vamos levar ofensas para casa”, disparou Temer.

Michel Temer disse ainda que não vai tolerar insubordinação ou manifestação de aliados.

“Não será tolerado essa espécie de conduta. Se não quer que o governo dê certo se declare contra o governo”, afirmou.

 

Fontes: maispb + REDAÇÃO