ENTÃO EU PERGUNTO:

– O Banco do Brasil, por ter perdido para o Bradesco o gerenciamento das contas do Estado, numa concorrência pública, e/ou pelo Governador Ricardo Coutinho (PSB) não se dobrar politicamente aos ditames do Palácio do Planalto, está retaliando a Paraíba negando-lhe um empréstimo de R$ 150 milhões já definido e contratado. Até mesmo ordens judiciais para que liberasse os recursos o BB está descumprindo sob os olhares contemplativos tanto do Tribunal de Justiça quanto da bancada paraibana no Congresso Nacional. Afinal, a justiça é mesmo para todos ou o Banco do Brasil está acima dela? E mais: o que fazem os deputados federais e senadores do Estado que não atuam em favor da Paraíba? PERGUNTAR NÃO OFENDE!

 

ENTÃO EU PERGUNTO:

– Falar na bancada federal paraibana, não vejo nenhum deputado ligado a Michel Temer, nem nenhum dos senadores do Estado, todos ligados ao governo, cobrarem rapidez na conclusão das obras do eixo Norte da transposição do Rio São Francisco. É só pose, conversa mole e busca de votos para se reelegerem. É pra isso que servem ‘nossos representantes?’ PERGUNTAR NÃO OFENDE!

 

ENTÃO EU PERGUNTO:

– O líder do governo na ALPB, deputado Hervázio Bezerra (PSB) não descartou a possibilidade de uma união política futura entre o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) e o governador Ricardo Coutinho (PSB). Mas avisou: ao contrário, trabalho por uma união política de Maranhão e RC. Quer dizer que em política tudo é possível? PERGUNTAR NÃO OFENDE!

 

ENTÃO EU PERGUNTO:

– Juízes brasileiros têm direito ao ‘auxílio moradia.’ Tal ajuda é negada a grande maioria dos trabalhadores brasileiros e só por isso já estaria em desacordo com a ordem lógica das coisas. Mas é pior do que se imagina: o tal ‘auxílio moradia’ é pago mesmo que o juiz tenha residência própria. E mais: no caso de juiz cônjuge de juíza, o casal recebe o ‘auxílio moradia’ duas vezes. Pior ainda: recebe por orientação da justiça, mas contra orientação do Conselho Nacional de Justiça (CNI). Dá pra entender? PERGUNTAR NÃO OFENDE!

 

ENTÃO EU PERGUNTO:

– Com Lula ou sem Lula disputando a eleição presidencial, os partidos democráticos e de esquerda deveriam se unir numa só candidatura para derrubar os golpistas que estão no poder e que terão candidato nas eleições vindouras. O divisionismo só favorece a direita, unida e forte para impedir a volta de um Presidente popular. A esquerda terá essa capacidade de união? PERGUNTAR NÃO OFENDE!