Artistas, produtores culturais, professores, advogados e jornalistas de João Pessoa farão o Festival Lula Livre, na Capital. O evento acontece na próxima quarta-feira (15), às 16h, na Praça da Paz, nos Bancários, é inspirado no festival de mesmo nome realizado no Rio de Janeiro e vai ser o momento da celebração do registro da candidatura de Lula à Presidência nas eleições 2018.

Até às 13h deste domingo (12), a ‘vaquinha’ já havia arrecadado R$ 600 dos R$ 2.000 desejados. Ela foi aberta nesse sábado (11) e será encerrada no dia 15.

Já são 28 artistas voluntários confirmados para o festival, entre cantores, instrumentistas, humoristas, atores, atrizes e poetas. Uma ‘vaquinha virtual’ foi colocada na internet para a arrecadação de recursos para os custos com a festa, que também tem o patrocínio dos artistas que se apresentarão.

O cantor e compositor Milton Dornellas, que faz parte da organização do evento, conta que “a ideia do festival começou pequena, inicialmente seria realizado em um bar da cidade, mas como muitos artistas queriam mostrar a sua indignação e várias pessoas nos cobraram um espaço maior, resolvemos ampliar, já que é um ato cidadão por justiça e democracia e as pessoas querem participar”.

Kennedy Costa, também cantor e compositor, destacou que “o festival é um grito de liberdade pela libertação do ex-presidente Lula e não poderia deixar de ser na rua, com a população, que está revoltada com a prisão injusta e sem provas”.

O também músico, Dario Júnior, acredita no bom resultado do ato para cobrar mudança no país. “Estamos ecoando as vozes que iniciaram o grito por justiça e liberdade lá no Festival do Rio de Janeiro, que foi grandioso. Queremos contar com a população de João Pessoa nesse gesto de indignação pela prisão de um dos maiores líderes mundiais e pelo fortalecimento de nossa democracia. Seremos artistas, professores, movimentos sociais, advogados, intelectuais, estudantes e a população de um modo geral clamando por justiça e liberdade para Lula.

Esse é o endereço eletrônico da ‘vaquinha virtual’ para aquisição de recursos para o evento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: parlamentopb + REDAÇÃO