O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e deputado federal eleito, Gervásio Maia (PSB), defendeu nesta terça-feira (6), a PEC apresentada pelo deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB), aprovada na semana passada que impossibilita a eleição por antecipação de duas Mesas Diretoras da Casa. A PEC teve aprovação quase que unânime, com exceção do líder do Governo, deputado Hervázio Bezerra (PSB).

“A Assembleia precisa estabelecer sempre critérios para garantir a alternância de poder. Observe que fizemos duas chapas inserindo pessoas das bancadas de situação e oposição, formando um mesa eclética. A centralização de poder traz um atraso gigantesco no Poder Legislativo. Então, alternância é importante e para que se tenha alternância, não se pode ter, evidentemente, reeleição. Eu sou contra a reeleição e plenamente a favor de uma composição eclética para a Mesa”, explicou.

O deputado também foi questionado acerca da matéria em relação ao aumento dos salários dos parlamentares. Gervásio foi incisivo: “Essa matéria não esteve em pauta e não está em pauta”, finalizou.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: paraibaja + REDAÇÃO