Após a energia do samba no concerto comemorativo da orquestra Jovem ao dia nacional desse ritmo da cultura popular, que recebeu um grande e entusiasmado público na noite do último domingo (2), a Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, recebe agora uma homenagem ao período festivo de fim de ano. A música natalina vai dar o tom do concerto de encerramento da temporada 2018 da Orquestra Sinfônica da Paraíba nesta quinta-feira (6), às 20h30, incluindo obras de Tchaikovsky e Beethoven. O concerto terá regência do maestro Luiz Carlos Durier e a participação do violinista Eduardo Linzmayer. Os ingressos custam R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia).

A abertura da opereta “Cavalaria Ligeira”, do compositor e maestro croata Franz von Suppé (1819-1895), vai iniciar a apresentação. Em seguida, com a participação de Eduardo Linzmayer, os músicos da sinfônica paraibana vão executar “Romance para Violino e Orquestra em Fá Maior, Opus 50”, do compositor alemão Ludwig van Beethoven (1770-1827).

O clima natalino vai ser intensificado com a música “Cantos Tradicionais de Natal”, com arranjo do maestro brasileiro Dierson Torres. Para encerrar a noite festiva, a OSPB vai mostrar ao público uma das obras mais conhecidas do compositor romântico russo PiotrIlitchi Tchaikovsky (1840-1893): a “Suíte do Ballet Quebra Nozes, Op.71a”, com Abertura em Miniatura, Danças Características (Marcha, Dança da Fada Açucarada, Dança Russa – Trepak, Dança Árabe – Café, Dança Chinesa – Chá, Dança dos Mirlitons) e Valsa das Flores.

“A Orquestra Sinfônica da Paraíba encerra a temporada 2018 com um concerto bastante agradável e leve para a gente se divertir”, disse o maestro Luiz Carlos Durier.“O concerto tem um formato com abertura, solista e, para finalizar,duas obras relacionadas com o Natal: Cantos Tradicionais de Natal, num arranjo de Dierson Torres, e a Suíte do Ballet Quebra Nozes, de Tchaikovsky. O balé Quebra Nozes é uma peça tradicionalmente encenada durante os festejos natalinos e de réveillon, em função de que tudo se passa numa noite fria de inverno. É uma obra muito interessante e que termina com uma valsa muito famosa, esplendorosamente dançante, que é a Valsa das Flores”, destacou.

Na opinião do maestro, o ano foi bastante positivo para a música na Paraíba. “Estamos todos muito felizes e empolgados porque foi um ano de muito trabalho, de muita atividade musical em todos os ambientes da Paraíba, desde cidades do interior. Neste ano fizemos duas cidades com grande êxito de público, de crítica e de todos que participaram da pequena turnê que nós fizemos no Sertão da Paraíba.

Também aos shows que nós fizemos no Teatro Pedra do Reino, na comemoração do aniversário de João Pessoa”, observou. “E dentro da sala de concertos também, onde tivemos a participação de grandes solistas, de excelentes regentes convidados, e de um empenho bastante grande da orquestra sinfônica de realizar bons concertos. A nossa esperança é que nos anos vindouros nós possamos realizar bem mais a cada ano e que a gente possa alcançar ainda mais toda a população, assim como dar oportunidade aos jovens de ascenderem através de concurso, através de audições para participar da orquestra Sinfônica da Paraíba. E com esse concerto, nós vamos desejar belas festas de final de ano, desejando um feliz ano novo para todos nós”, finalizou Durier.

Para encerrar as atividades deste ano, a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba vai apresentar o Concerto de Natal no próximo dia 12 de dezembro, às 18h, no Adro da Igreja de São Francisco, no centro da capital, dentro da programação do projeto OSPB nos Bairros.

Regente

Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 21 anos. Seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Como regente convidado, conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Durier também regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve à frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan.

Por três anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em grandes concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa, com artistas paraibanos, que lotaram o Teatro Pedro do Reino, no Centro de Convenções. No dia 5 de agosto de 2016, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor Zé Ramalho; no ano passado, as atrações foram as cantoras Cátia de França e Nathalia Bellar, e neste ano, o também paraibano Chico César foi o destaque da apresentação em homenagem aos 433 anos da capital paraibana.

Solista

Eduardo Linzmayernasceu na cidade de Curitiba, Paraná, e iniciou os estudos musicais aprendendo flauta doce. Posteriormente estudou violino com a professora Edna Savytzky. Graduou-se bacharel em violino pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná sob orientação do Professor Marco Damm. Ainda em sua cidade natal, foi spalla da Orquestra Filarmônica da Universidade Federal do Paraná durante um período de três anos.

Em 2009, tocou na orquestra que acompanhou as apresentações que o tenor Andrea Boccelli realizou nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Mudando-se para a cidade de Aracaju (SE), foi membro da Orquestra Sinfônica de Sergipe por mais de três anos. Nesta cidade foi também professor de violino do Conservatório de Música de Sergipe.

Foi aluno regular do renomado professor Paulo Bosísio por cinco anos e apresentou-se em vários estados do Brasil: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Sergipe, Paraíba, Ceará e Amazonas. Atualmente reside na cidade de João Pessoa e é concursado da Orquestra Sinfônica da Paraíba.

Serviço

11º Concerto Oficial da Temporada 2018 da Orquestra Sinfônica da Paraíba

Regente: Luiz Carlos Durier

Solista: Eduardo Linzmayer

Dia: 06/12/2018 (quinta-feira)

Hora: 20h30

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, João Pessoa

Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: secom + REDAÇÃO