O vice-presidente General Hamilton Mourão (PRTB) defendeu-se da acusação de ter sido responsável pela ascensão meteórica de seu filho, Antônio Hamilton Rossell Mourão, no Banco do Brasil. Antônio foi provido para assessor especial da presidência do banco, sob a gestão de Rubem Novaes. Com o novo posto, ele receberá um salário de cerca de R$ 36 mil.

“Meu filho, Antônio, ingressou por concurso no BB há 19 anos. Com excelentes serviços, conduta irrepreensível e por absoluta confiança pessoal do Presidente do Banco foi escolhido por ele para sua assessoria. Em governos anteriores, honestidade e competência não eram valorizados”, disse o general, em sua conta no Twitter.

General Hamilton Mourão
@GeneralMourao

Meu filho, Antônio, ingressou por concurso no BB há 19 anos. Com excelentes serviços, conduta irrepreensível e por absoluta confiança pessoal do Presidente do Banco foi escolhido por ele para sua assessoria. Em governos anteriores, honestidade e competência não eram valorizados.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: brasil247 + REDAÇÃO