A Polícia Militar obteve acesso ao circuito interno de câmeras de uma loja próxima do local do crime, e após análise das imagens de vídeo, encontraram indícios de que o suspeito cometeu um homicídio, e não um latrocínio, como antes cogitado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontex: clickpb + REDAÇÃO