Casal desaparece por quase 1 século e é encontrando congelado na Suíça

Marcelin e Francine Dumoulin desapareceram em 1942, após saírem para ordenhar as vacas em Chandolin, um lugarejo da Suíça.

Agora, com o derretimento de uma geleira, os corpos foram encontrados. O casal deixou 7 filhos, sendo que a mais nova hoje conta com 79 anos.

Como nunca retornaram da ordenha, entendeu-se na época que eles haviam morrido – mas seus corpos nunca tinham sido encontrados.

A filha mais nova, Marceline Udry-Dumoulin, declarou: “Nós passamos nossas vidas inteiras procurando por eles, sem parar. Nós pensávamos que poderíamos dar a eles o funeral que mereciam um dia. Eu posso dizer que após 75 anos de espera essa notícia me dá um profundo sentimento de calma”.

A polícia disse os dois corpos foram encontrados com documentos de identidade por um funcionário da estação de esqui de um resort próximo a Chandolin, a uma altitude de 2615 metros.

“Os corpos estavam deitados um ao lado do outro. Era um homem e uma mulher usando roupas datadas do período da Segunda Guerra Mundial”, disse o funcionário, diretor da Glacier 3000. “Eles estavam perfeitamente preservados na geleira e seus pertences estavam intactos”.

A polícia informou: “Nós pensamos que eles podem ter caído dentro de uma fenda, onde eles ficaram por décadas. Na medida que a geleira recuou, ela revelou seus corpos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *